Visita ao Museu BMW em Munique

Local para inserção de notícias relacionadas com a BMW-Motorrad (inserção e edição exclusiva aos moderadores)

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

Responder
Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4912
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Visita ao Museu BMW em Munique

Mensagem por JoseMorgado » 06 ago 2017 19:13

Aproveitando a viagem que fiz à Alemanha, passei pelo Museu BMW em Munique.

Imagem

Todos os edifícios que pertencem complexo da BMW, são uma marca no panorama arquitectónico da cidade.

Imagem

Imagem

Imagem

Mas tudo começou com a fabricação de motores para a aviação.

Imagem

Imagem

Que, mesmo muitos anos depois, nunca foi abandonada.

Imagem

Imagem

Imagem

Como seria de esperar, os automóveis estão em grande destaque.

Desde os primeiros, que eram versões de alguns modelos de fabricação inglesa.

Imagem

Imagem

Imagem

Passando pelo Isetta, que iniciou a popularização dos automóveis fechados, acessíveis a todos, na Alemanha do pós-guerra.

Imagem

Ou pelo 1602, muito popular em Portugal, nos anos 60 e 70.

Imagem

Numa sala dedicada só aos séries 3.

Imagem

Ou este mais invulgar 700, da mesma altura.

Imagem

Imagem

Imagem

O mais exclusivo 2000.

Imagem

Ou o desportivo 2002ti

Imagem

O 3.0 CS eram raros em Portugal.

Imagem

Imagem

Um BMW Design Turbo da mesma época.

Imagem

Imagem

Este desportivo, 328, de 1939, não deixava ninguém indiferente.

Imagem

Imagem

Imagem

Os desportivos, aliás, estavam bem representados.

Imagem

Imagem

Imagem

Com o normal destaque para o Formula 1, Brabham-BMW, BT-52, com que Nelson Piquet foi campeão em 1983.

Imagem

Outros motores desportivos.

Imagem

Imagem

Nos anos 70 e 80, até 1987, a BMW também produziu motores marítimos, com a chamada "marinização" de alguns motores de automóvel, a gasolina e a diesel, tendo constituído uma divisão autónoma no universo BMW AG, a BMW Marine.

Imagem

Eram produzidos na fábrica de Verviers, na Bélgica.

Com a quebra do mercado automóvel de 1987 e com o limitado sucesso comercial obtido, a BMW Marine, com a sua fábrica, e as redes comerciais e de assistência, foi vendida à Mercury Marine.

Curioso este 507, que pertenceu ao Elvis, durante o serviço militar que cumpriu na Alemanha.

Imagem

Este despertou a minha atenção, por ainda ter a característica matrícula oval, da antiga República Federal da Alemanha, (RFA).

Imagem

Alguns automóveis do segmento "Prestige".

Imagem

Imagem

A assistência aos clientes BMW sempre foi uma preocupação da marca.

Imagem

Um bonito efeito com a evolução dos "rins" das grelhas dos automóveis.

Imagem

E com as "denominações" dos modelos.

Imagem

Um simulador 3D.

Imagem

Mas foi por causa das Motas BMW que eu fui a Munique.

E estavam lá todas, numa curiosa parede de vidro.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Aqui ficam algumas com mais destaque.

Desde a R32.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Até à icónica R 80 G/S

Imagem

Passando pelas BMW's das forças policiais.

Imagem

E pelos modelos militares.

Imagem

Mas muitos mais foram os modelos produzidos pela BMW.

Imagem

Alguns, tão inovadores, que nunca chegaram à fase de produção.

Como esta R 7 de 1934.

Imagem

Imagem

Muitas também eram as BMW com side car.

Imagem

A competição sempre presente.

Uma R63.

Imagem

Uma RS 255, com árvores de cames à cabeça, DOHC.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Aqui uma RS 255, com compressor volumétrico.

Imagem

Imagem

Imagem

Alguns modelos de competição dos anos 30.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Esta WR 500, com carenagem integral de alumínio.

Imagem

Imagem

Imagem

E capacete aerodinâmico.

Imagem

Com o motor da R63, de apenas 493 c.c., mas com compressor volumétrico e árvores de cames à cabeça, desenvolvia 108 cv, às 8.000 rpm.

Imagem

Com ela, Ernst Henne, em 1937, conseguiu alcançar a velocidade de 279,512 km/h, recorde absoluto de velocidade até então, só batido em 1951.

Com esta mota a BMW provou que, e ao contrario das apostas dos concorrentes ingleses e americanos, que utilizavam motores, de duas ou mais vezes esta cilindrada, era possível, com motores mais pequenos, mas mais desenvolvidos tecnologicamente, atingir melhores performances.

Pouco depois veio a 2ª Guerra Mundial e, posteriormente, a proibição de utilizar compressores nos motores das motas de competição, pelo que esta técnica foi abandonada.

A R 80 G/S de Hubert Auriol que, em 1981, ganhou o Paris-Dakar, dando início à grande carreira das G/S, GS e GSA, da BMW.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

E claro, as incontornáveis R90S que, em 1976, arrebataram o 1º e 2º lugar na 1ª prova de Super Bikes do Mundo, em Daytona, e que também nesse ano, se sagraram campeãs e vice-campeãs, na mesma categoria.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Muito parecida com a mota de série.

Mas também, com algumas diferenças importantes.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A R 90 S de série também estava presente, em dois locais de destaque.

Aqui, uma igualzinha à minha.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Com uma descrição a condizer.

Imagem

E enquadrada com os automóveis contemporâneos.

Imagem

Imagem

E com o 1º capacete integral da BMW.

Imagem

Imagem

Aqui, na "fila" dos marcos da BMW.

Imagem

Acompanhada por outros símbolos em destaque.

Imagem

Imagem

A K1, com uma presença importante.

Imagem

Imagem

A C1, também.

Imagem

Aqui, a S1000RR.

Imagem

A "história" dos depósitos.

Imagem

Concluindo, não convém ir ao Sul da Alemanha sem ir a Munique mas, principalmente, sem ir ao Museu da BMW.

É uma "viagem" muito interessante pela industria alemã dos motores da aviação, do automóvel e, claro, das melhores motas do Mundo.

Imagem

Será uma manhã, ou uma tarde, muito interessante e muito Bem Passada!

Os sócios do BMW MC PT, têm desconto no bilhete de entrada!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6263
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Visita ao Museu BMW em Munique

Mensagem por amandio » 14 ago 2017 14:29

É um dos lugares que espero visitar em breve.
Está na lista já à algum tempo... talvez tempo de mais :mrgreen:

Mais uma vez uma fantástica/detalhada reportagem :D
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante