Aquisição R 1150 RT

Este é o espaço para quem quiser trocar impressões sobre modelos da BMW

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

Avatar do Utilizador
Antopereira
Membro Júnior
Mensagens: 282
Registado: 21 dez 2016 15:00
Contacto:

Re: Aquisição K 1150 RT

Mensagem por Antopereira » 13 mar 2019 16:18

Jardino Escreveu:
13 mar 2019 15:59
amandio Escreveu:
13 mar 2019 13:42
- ABS e eficiência de travagem: Não sei.
O sistema que alimenta os pistões de travão sai todo do módulo de ABS. O sistema servofreio não sei bem onde entra aqui.
Pode ver nestes esquemas:
http://www.realoem.com/bmw/pt/partgrp?i ... 499_&mg=34
http://www.realoem.com/bmw/pt/showparts ... Id=34_1182
http://www.realoem.com/bmw/pt/showparts ... Id=34_1181
http://www.realoem.com/bmw/pt/showparts ... Id=34_1180
Sei também que a travagem é repartida com o sistema servofreio. Ou seja a travagem nunca é totalmente só à frente nem totalmente só atrás.
Já falei com quem tem uma 1100 RT e que também não tem o ABS a funcionar (travagem não servo-assistida), no entanto o unico problema e considerando que o travão de trás é muito "mordaz" a roda pode bloquear se não formos meigos a acionar o pedal, de resto a mota trava na mesma no entanto não é servo-assitida como disse. Mas acho que a servo-assistência terá a ver com a repartição da travagem como você disse anteriormente.
Bem vindo ao forum Jardino
Básicamente está tudo dito. Parabéns pela escolha. A R 1150 RT é uma excelente mota. Tive a R 1100 RT e agora a R1200 RT. A melhor mota para viajar com um conforto excepcional. Curva excelentemente e aceita qualquer "erro", ou mesmo uma correção de trajectória em curva, sem problema.
Quanto ao módulo ABS, eu punha um. Estando a mota a um preço muito bom, nada como ter tudo a funcionar a 100%. E depois a segurança, que é muito importante. Nunca se sabe quando temos de travar a fundo, ou em piso molhado. Aí o ABS é a diferença entre a segurança ou um acidente.
António Costa Pereira
Sócio 636
BMW R1200RT
BMW R1100RT
BMW R60/7
BMW K1100RS
BMW R1200ST
ROYAL ENFIELD 500
YAMAHA GTS 1000
HONDA VF750F Interceptor

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6790
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por amandio » 14 mar 2019 01:04

Não é servofreio??? Não tinha lido bem esse detalhe :oops:
Sempre pensei que as RT's de 2002 até 2005, se não estou em erro, eram de origem servo-assistidas. Nem havia opção de não o ser.
Há qualquer coisa que não está a bater certo aqui :roll:

Aliás a servo-assistência foi uma novidade incluída com o novo módulo de ABS que a BMW Motorrad apresentou em 2002 e que equipou a RT.
Mais tarde, já com provas de eficiência dadas, foi também equipado da R1200GS apresentada em 2004 e na R1200RT em 2005.
Penso que a mota do Zé Morgado ainda será dessa geração.
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1681
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por luiz silva » 14 mar 2019 11:00

A RT 2005 que adquiri tem servo freio, e a finalidade é tornar a frenagem mais confortável, com menos pressão no manete e eficiência máxima, quando associado ao ABS...é espectacular a precisão de atuação.
O problema é que não atua com a mota desligada, o que poderia causar acidentes quando de manobras da mota nesta condição.
Como o desenvolvimento de bombas de freio mais potentes deixou de ser usado em 2007, se não me engano.

Na minha, se aciono o manete dianteiro do freio , as rodas traseiras atuam combinadas...se aciono o pedal traseiro apenas a roda traseira freia.

E ao amigo Jardino, estando a mota em boas condições como comentas, faria negócio na condição do proprietário ao menos partilhar o reparo.

Abçs
luiz

Jardino
Membro em Estágio
Mensagens: 7
Registado: 13 mar 2019 12:34
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por Jardino » 14 mar 2019 22:03

luiz silva Escreveu:
14 mar 2019 11:00
A RT 2005 que adquiri tem servo freio, e a finalidade é tornar a frenagem mais confortável, com menos pressão no manete e eficiência máxima, quando associado ao ABS...é espectacular a precisão de atuação.
O problema é que não atua com a mota desligada, o que poderia causar acidentes quando de manobras da mota nesta condição.
Como o desenvolvimento de bombas de freio mais potentes deixou de ser usado em 2007, se não me engano.

Na minha, se aciono o manete dianteiro do freio , as rodas traseiras atuam combinadas...se aciono o pedal traseiro apenas a roda traseira freia.

E ao amigo Jardino, estando a mota em boas condições como comentas, faria negócio na condição do proprietário ao menos partilhar o reparo.

Abçs
luiz
Sim quando digo servo-assistida falo precisamente em servo freio. Quanto ao partilhar a reparação não me parece, ou então já o teria feito e pedia um pouco mais pela Mota. (aínda estaremos a falar de perto de 2.000€+/-) Entretanto já tenho com que jogar vi uma de 2005 com 64.000 com revisões em dia (segundo o proprietário) sem problemas de ABS E por 4.200€. O problema é que no 1 caso o vendedor fica com a minha CBR1000F.
1 Abraço

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6790
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por amandio » 15 mar 2019 08:42

Questões existenciais... é fazer contas à vida e ver se compensa vender a CBR à parte mesmo que o preço seja na média do que está no mercado ou um pouco mais baixo.
Se calhar compensa o custo de procurar e instalar um novo modulo de ABS. Digo eu.
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 5292
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por JoseMorgado » 15 mar 2019 11:31

Os problemas com os módulos ABS são normalmente provocados por deficiente manutenção.

Eu também já os tive mas, como faço a manutenção sempre em concessionários, e dentro dos intervalos indicados pela Marca, foram resolvidos, fora de Garantia, pelo GoodWill da Marca….

O sistema de servo-assistência na Travagem funciona de forma independente do ABS.

Eu até pensava que a Falha no Módulo ABS, implicava a sua total inoperacionalidade, ou seja, todo o sistema ficava Off.

Todas as Motas podem andar sem ABS, são é menos Seguras.

Se por um lado na Traseira impede o Bloqueio em travagens mais Fortes é na Dianteira que ele é mais eficiente, a nível de segurança, ao impedir que em travagens fortes, em pisos com menor aderência, se "perca" a Frente.

Também nas travagens de emergência, onde a tendência normal é o "agarrar" nos travões a "fundo", o ABS pode ser a diferença entre uma colisão ou saída de estrada, ou a paragem ou diminuição de velocidade em segurança, principalmente em situações de fraca aderência, como Chuva.

Actualmente, todas as motas vendidas novas, com cilindrada igual ou superior a 125 c.c., tem de ter ABS.

Na BMW, há cerca de 26 anos que é um extra disponível, e há alguns, poucos anos, que faz parte do pacote obrigatório de origem.
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 5292
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Aquisição R 1150 RT

Mensagem por JoseMorgado » 15 mar 2019 11:59

amandio Escreveu:
14 mar 2019 01:04
Não é servofreio??? Não tinha lido bem esse detalhe :oops:
Sempre pensei que as RT's de 2002 até 2005, se não estou em erro, eram de origem servo-assistidas. Nem havia opção de não o ser.
Há qualquer coisa que não está a bater certo aqui :roll:

Aliás a servo-assistência foi uma novidade incluída com o novo módulo de ABS que a BMW Motorrad apresentou em 2002 e que equipou a RT.
Mais tarde, já com provas de eficiência dadas, foi também equipado da R1200GS apresentada em 2004 e na R1200RT em 2005.
Penso que a mota do Zé Morgado ainda será dessa geração.
Como já aqui disseram o Luiz Silva e o Amândio, o servo freio eléctrico foi introduzido como inovação tecnológica em 2002, e servia para, aliado ao ABS, conseguir travagens muito potentes, mas seguras, pela a acção do ABS, com uma pressão na manete e pedal muito suaves.

Tinha o problema, também aqui já relatado de, com a ignição desligada, a travagem practicamente não existir.

Se à partida se poderia pensar que isso não seria um problema, pois ninguém anda com a Mota "Desligada", começaram a acontecer pequenos e "grandes" acidentes em situações de, p.ex., descidas para garagens, onde os condutores abrem o portão, desligam a mota e deslizam, pela "acção" da gravidade, pelas rampas.

Numa situação dessas, o que acontece normalmente, é a "paragem" acontecer contra uma parede.

Também quando uma Mota está estacionada num plano inclinado, e se pega nela, se a ignição nã estiver ligada e a inclinação for acentuada, era normal os condutores irem atrás da mota, até que ela parasse num qualquer obstáculo.

Em 2007, para ultrapassar estas, e outras situações semelhantes, a BMW passou a adoptar Bombas de Travão, sem servo-assitência, mas quase tão potentes e eficientes como as eléctricas.

Há motas produzidas naquele ano com ambas as soluções.

Claro que, quando se pega numa mota com servo assistência eléctrica na travagem, e ABS, continuamos a notar a grande potência e segurança que elas apresentam mas, com as soluções actuais, sem a servo-assistência, já não temos é o risco de poder passar por situações como as acima descritas.

Actualmente, com toda a evolução nos sistemas de travagem, já tudo corre Muito Bem, mesmo sem Servo-Assistência, que nunca mais foi utilizada.
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante