Modelo LC sim ou não?

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

Avatar do Utilizador
Adamastor
Membro Iniciante
Mensagens: 30
Registado: 17 out 2016 21:08
Contacto:

Modelo LC sim ou não?

Mensagem por Adamastor » 25 fev 2018 17:28

Boa tarde,

Depois de andar uns tempos por outras bandas, decidi voltar as GS´s.
No entanto fui ouvindo uns zuns zuns sobre o modelo a partir de 2013 (LC).

Fui ouvindo..
"o motor do modelo anterior é melhor do que o modelo LC"
"as suspensões não são tão confortáveis"
"Este modelo LC tem dado alguns problemas"

Achei por bem vir aqui perguntar a entendidos :D

Qual é a vossa opinião?

Obrigado pela ajuda!!

Abraços.
Fernando.
Fernando Adamastor
BMW GS 1200 Triple Black

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6266
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por amandio » 26 fev 2018 10:00

Em primeiro lugar à que referir que a 1200 GS de 2004 também teve a sua dose de problemas que foram sendo refinados ao longo dos anos.
Ou seja novo motor, nova geometria, mais electrónica, mais possibilidades que algo corra mal. :roll:
Portanto os problemas que surgiram com os modelos de 2013 e 2014 foram sendo sarados de forma natural.

Em relação ao motor LC, é praticamente unânime que o motor é melhor. E em relação à caixa tem melhorado consideravelmente desde a versão de 2013 para a de 2018. Sendo que o típico "clank" que a caixa costumava fazer praticamente desapareceu.

Houve alguns problemas com a suspensão resolvidos com recalls. Sobretudo no que toca à suspensão dianteira.

Tens aqui um teste ride feito pelo Zé Morgado à GSA de 2015.
viewtopic.php?f=36&t=5882
e outro à GS Rallye de 2017
viewtopic.php?f=36&t=6470
Ambos muito bem detalhados :D
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por luiz silva » 26 fev 2018 11:49

Fernando,

muitos amigos tem LCs e adoram a mota!!

Principalmente porque problemas originários do lançamento do novo modelo foram resolvidos e absorvidos pela marca.

Até brincamos no Brasil que a BMW tem "o maior número de não proprietários insatisfeitos"!!

Então, se pretende uma LC usada, dê uma conferida se os recalls foram feitos e tudo OK.

Se pretende uma nova, se despreocupe...são motas espectaculares.

Por enquanto sigo com minha AC, gosto muito da simplicidade mecânica e acho que a relação de potência/conforto me completam porque uso a moto em longas viagens...perfeita!!

No segmento de Big Trails, tenho opinião que qualquer das duas opções acima você estará muito bem atendido.

Abçs
Luiz

Avatar do Utilizador
Adamastor
Membro Iniciante
Mensagens: 30
Registado: 17 out 2016 21:08
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por Adamastor » 26 fev 2018 23:23

Obrigado pelas vossas opiniões :wink:

Abraços!!
Fernando Adamastor
BMW GS 1200 Triple Black

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4913
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por JoseMorgado » 26 fev 2018 23:57

É uma questão interessante Fernando.

Como acontece com todas as evoluções, há uns que dizem que o modelo anterior é que era Bom, e há outros que dizem que o novo não tem comparação, e é uma Maravilha.

Não "desfazendo" dos motores Boxer arrefecidos a Ar/Óleo, os LC, Liquid Cooled, tiveram que aparecer, para responderem à procura de mais potência, e binário, por parte dos clientes das Motas BMW.

Os motores Boxer de alta performance, para conseguirem respeitar as normas ambientais actuais, e por consequência, conseguirem valores de consumo de combustível aceitáveis, têm de trabalhar com misturas de ar/gasolina muito "pobres", isto é, com muito pouca quantidade relativa de gasolina.

Isto faz com que a temperatura de explosão normal seja mais elevada, sobreaquecendo, principalmente, a zona das válvulas e cabeça do motor.

Igualmente, pela procura de maiores performances, e pelo desenvolvimento tecnológico dos motores Boxer, estes foram aumentando de capacidade, e as peças de tamanho, assim como foram aparecendo cada vez mais componentes nas cabeças.

No anos 90, os motores boxer da BMW passaram a ter 1.100 c.c. e depois 1.150 c.c. e 4 válvulas por cilindro.

A árvore de cames única, antes associada à cambota, no bloco do motor, passou para duas, uma em cada cabeça.

Tudo isto, fazia com que mais peças estivessem colocadas em zonas de mais altas temperaturas, sendo mais difícil arrefece-las.

A solução encontrada foi o arrefecimento forçado do óleo, com a passagem por um radiador exterior, e canais de circulação dedicados, para arrefecer estas peças.

Como o arrefecimento dos cilindros continuou a ser feito pelas alhetas exteriores dos mesmos, estes motores foram apelidados de, arrefecidos a Ar/Óleo.

Em 2003, a capacidade dos motoes voltou a aumentar, para 1.200 c.c., e em 2010, as árvores de cames em cada cabeça duplicaram, e passaram a ser duas.

Imagem

Com o aumento das exigências de performances, com baixa poluição e baixo consumo de combustível, não era possível mexer no único factor que baixa a temperatura de explosão, o enriquecimento da mistura ar/gasolina.

Imagem

Assim, para que não existisse uma degradação prematura das partes do motor sujeitas a mais altas temperaturas, foi necessário encontrar um sistema de arrefecimento mais eficaz, que conseguisse "transportar", eficientement, o calor para o exterior do motor.

Foi assim implementado, nos motores Boxer mais recentes da BMW, o arrefecimento das cabeças do motor, de precisão, com líquido, LC.

Imagem

Imagem

No entanto, os cilindros continuam a ser arrefecidos pela passagem do ar, nas alhetas exteriores dos mesmos.

Imagem

Estas evolução aconteceu também nalguns automóveis.

Nos motores Boxer dos Porsche 911 e nos motores Boxer dos VW Carocha e Pão de Forma.

Nas BMW R1200LC, para além das modificações ao nível do motor, que passou a ter mais potência, 125 cv e mais binário, 125 Nm, muitos outros aspectos foi alterados.

Imagem

A circulação dos gases no motor, passou a ser vertical, com a admissão na parte superior do motor e o escape, na parte inferior, contra a circulação horizontal tradicional, da traseira, para a dianteira.

Imagem

A transmissão passou a contar com embraiagem multidisco em banho de óleo, de fácil acesso, em vez do monodisco a seco.

Todo o sistema da embraiagem gira em sentido contrário ao da cambota, eliminando, quase totalmente, a reacção do bloco do motor, ao momento de inercia nas acelerações.

A caixa de velocidades está montada por "baixo" do motor, integrada no mesmo, dentro do carter.

Imagem

O braço oscilante, e o veio de transmissão no seu interior, são mais compridos, melhorando as reacções da mota em acelerações fortes.

Tudo isto, apesar do emagrecimento em muitos componentes, traz mais 10 kg ao peso total do conjunto.

Claro que, tantas e tão grandes modificações, trouxeram alguns problemas de juventude.

O mais notado, e reclamado, foi o ruidoso "clank", e salto para a frente na transmissão, sempre que se engrenava a 1ª velocidade.

Este fenómeno era tão forte que, por vezes, o motor se "apagava".

Isto entretanto já foi resolvido, com a adopção de um volante do motor "maior", uma afinação electrónica diferente e melhoramentos na caixa de velocidades.

Os problemas com as tampas das bainhas da suspensão dianteira foram ultrapassados, com a sua substituição em recall.

Concluindo, as LC são mais potentes, têm mais binário, mas são mais pesadas e têm uma transmissão menos suave.

A nível de conforto, não tenho indicação que sejam inferiores, antes pelo contrário.

Quanto à fiabilidade, quando se acrescenta um sistema de arrefecimento com circulação de liquido, ventoinha eléctrica, radiadores, tubagens, etc., tudo comandado electronicamente, numa utilização Off Road nos limites, passam a existir mais possibilidades de aparecerem falhas e avarias.
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6266
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por amandio » 27 fev 2018 21:37

Informação completíssima... mais era impossível! :D
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por abbocath » 02 mar 2018 09:25

Há dúvidas??? :P :P

Não senhor professor! :lol: :lol: Obrigado José Morgado!

Boas curvas
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
Adamastor
Membro Iniciante
Mensagens: 30
Registado: 17 out 2016 21:08
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por Adamastor » 03 mar 2018 16:47

José Morgado,

Epah... muito obrigado por esta excelente explicação... muito obrigado mesmo!!

Depois de recolher alguma informação, percebi que de facto as primeiras LC tiveram alguns problemas, muito fruto da sua juventude, existem alterações que só o tempo dirá se foram para melhor ou não, embora ninguém tenha duvida que é das melhores motos do mundo :D

Tenho falado com alguns entendidos, inclusive estive hoje no Antero (representante BMW cá no Porto) e para os valores que posso gastar (entre 12 e 13 mil euros) das duas uma... ou compro o novo modelo mas da primeira fornada e aqui corro o risco de apanhar todos estes problemas que foram aqui mencionados, ou então vou para o modelo anterior e compro algo bem equipado e com provas dadas.

A opinião de um dos mecânicos foi "eu optava pelo modelo anterior, algo em bom estado e com poucos quilómetros"...

Na verdade ainda não tenho nada decidido, no entanto amanha vou ver um dos modelos que sempre adorei, a lindíssima GS 1200 Triple Black de 2012, uma mota com 20.000km.

Imagem

Que acham da ideia?

Obrigado mais uma vez pela vossa ajuda,

Cumprimentos,
Fernando.
Fernando Adamastor
BMW GS 1200 Triple Black

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6266
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por amandio » 03 mar 2018 22:22

Parece sensato! :D
E a Triple Black é muito bonita :mrgreen:
Se bem que as mais antigas LC foram sendo resolvidos os problemas conforme foram aparecendo, embora não seja um fix de fábrica. :roll:
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4913
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Modelo LC sim ou não?

Mensagem por JoseMorgado » 04 mar 2018 01:28

É difícil dar conselhos tão taxativos!

No entanto, como o Amândio diz, todos os "defeitos" da LC foram sendo resolvidos em "Recall".

Assim, o melhor é fazer um teste drive a cada uma delas.

Pode ser assim passem as dúvidas, e apareçam as certezas...
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante