Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Acessórios, upgrades, gadgets etc. para as nossas motos e equipamento para para andar nelas. Tudo o que inventamos para as BMW serem motos completas e para que o prazer de as conduzir seja ainda maior.

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

jmaguimaraes
Membro em Estágio
Mensagens: 4
Registado: 29 ago 2020 15:30
Contacto:

Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por jmaguimaraes » 19 out 2020 19:12

No decorrer de alguns recentes vídeos sobre operações stop (com radar) em que companheiros com motos cheios de acessórios que foram colocados de "origem" e que acabaram por ser multados, com documentos apreendidos e a aguardar por inspecção técnicas, venho abrir este espaço para tentar em conjunto com todos, perceber como precaver qualquer ilegalidade em que possamos estar sem termos essa noção e como resolver para ficarmos mais descansados.

Salientar que no site do IMTT constam apenas algumas alterações a serem averbadas e não aquelas que os agentes de autoridade mencionam…
http://www.imt-ip.pt/sites/IMTT/Portugu ... icula.aspx
Ou existe mais algum link especifico para averbamento de acessórios a instalar em motociclos?

Esta minha duvida prende-se ainda pelo facto de ter "recentemente" adquirido um motociclo com acrescento de top-case e malas laterais que não são da marca mas não vejo nenhuma referência no livrete/documento do veiculo. Será que também se tem que averbar as top-case's e malas laterais?

A partir daqui, o topico fica aberto para discussao sobre tudo o que o titulo indica.

Avatar do Utilizador
MotardFeio
Membro em Estágio
Mensagens: 11
Registado: 17 jan 2020 08:02
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por MotardFeio » 20 out 2020 08:50

Existe um artigo "genérico" que permite a qualquer agente da autoridade de trânsito duvidar da legalidade da coisa e dar um bilhete da IPO B.

Com ou sem razão, existe. E apenas diz que qualquer alteração às características originais da moto, etc e tal, whiscas saquetas, é proibida.

Nunca conheci ninguém multado por ter top case e malas laterais decentemente acondicionadas/fixas na moto com suportes adequados.

Escapes, piscas, "bacalhaus", espelhos, e outros - isso sim, leva bilhete quase sem ter tempo de explicar seja lá o que for.

Depois é impugnar multas (se os acessórios estiverem homologados na CE e homologados para a moto que os tem montados. Nada de tirar DB killers, e afins, por exemplo.

Perde-se tempo e dinheiro, e a IPO B já lá canta, com as chatices todas e incovenientes de perda de tempo (quando o é).

Agora, isto é para quem tem as motos em condições claro.


Quando é malta com motos todas "assasinadas", ou que insiste em andar com faróis de longo alcance acesos a encadear tudo o que venha de frente, esses não sinto pena nenhuma deles.

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 8106
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por amandio » 20 out 2020 09:59

jmaguimaraes Escreveu:
19 out 2020 19:12
No decorrer de alguns recentes vídeos sobre operações stop (com radar) em que companheiros com motos cheios de acessórios que foram colocados de "origem" e que acabaram por ser multados, com documentos apreendidos e a aguardar por inspecção técnicas,
Isto assim abre precedentes para multar todas as motas com malas de origem... ou é mesmo só para chatear!

É que acessórios de origem tem muito que se lhe diga, mas os que são fornecidos pela BMW são homolgados pela EU.
E no caso de malas, luzes auxiliares, etc, não são excepção.
E mais especificamente, no caso das malas, faz parte da descrição/especificações da mota as cargas máximas que cada uma pode levar, bem como o peso total de carga para a mota.
Aliás, nenhuma marca pode vender acessórios ditos originais que não sejam homlogados para um determinado modelo. Incluindo escapes que por vezes são altamente barulhentos.

Lembro-me que no caso das R1200GS e GSA em 2005 ou 2006 houve uma situação com os piscas de LED (opção de origem) que originaram alguns problemas com as autoridades, mas foi a marca BMW Motorrad que interviu com as autoridades para resolver a questão.
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS 2000 [2002-2013], K1100RS 1995 [2020-...]

NoronhaGS
Membro Iniciante
Mensagens: 71
Registado: 20 abr 2020 14:36
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por NoronhaGS » 23 out 2020 15:20

Boas amigos

Posso vos garantir desde já, a PSP não está a multar o pessoal por causa das malas e top cases :mrgreen:

Tem-se ouvido falar que, a GNR/BT tem implicado com a malta por usar os top case (as malas não), o top case é um componente simples e eficaz que dá sempre jeito para transportar o capacete, o que pode acontecer e serem autuados é que, usam as top case a exceder a largura do veiculo, compreendem ??

No caso das luzes de nevoeiro que tambem se tem falado, se não tiverem luzes a mais, ninguem vos vai dizer nada, se quiserem inventar e ter alguns "acrescentos" vão ter de responder por isso ás autoridades, se tiverem sorte de me apanhar pelo caminho, eu vou fazer de conta que não vi :mrgreen:

No que respeita aos escapes, tambem podem ser autuados se o escape não for o de origem e por acaso, não vou dizer qual é a maneira mais fácil de saber qual é :D :D
:mrgreen: BMW R1200 GSA versão 90th 2013 :mrgreen:

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 8106
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por amandio » 26 out 2020 09:14

NoronhaGS Escreveu:
23 out 2020 15:20
Boas amigos

Posso vos garantir desde já, a PSP não está a multar o pessoal por causa das malas e top cases :mrgreen:

Tem-se ouvido falar que, a GNR/BT tem implicado com a malta por usar os top case (as malas não), o top case é um componente simples e eficaz que dá sempre jeito para transportar o capacete, o que pode acontecer e serem autuados é que, usam as top case a exceder a largura do veiculo, compreendem ??

No caso das luzes de nevoeiro que tambem se tem falado, se não tiverem luzes a mais, ninguem vos vai dizer nada, se quiserem inventar e ter alguns "acrescentos" vão ter de responder por isso ás autoridades, se tiverem sorte de me apanhar pelo caminho, eu vou fazer de conta que não vi :mrgreen:

No que respeita aos escapes, tambem podem ser autuados se o escape não for o de origem e por acaso, não vou dizer qual é a maneira mais fácil de saber qual é :D :D
Então tenho aqui 2 questões sobre este assunto:
- Se a malta compra um top-case maior para caber 2 capacetes, corre o risco de apanhar multa. :shock:
Mas a largura do veículo (da mota assim dizendo) é tendo em conta a parte mais larga deste? Espelhos e/ou guiador?
Claro que se olhar-mos só para a traseira, vai exceder a largura desta, numa normal/comum Honda ou Yamaha, que não possui de origem malas laterais. Certo?
Neste caso nunca ultrapassam a largura do veículo. Pelo menos não conheço nenhuma mala com tais dimensões.
Portanto é um não problema... :roll:

- No caso das luzes, sabemos todos que as motas são elementos na estrada que são difíceis de avaliar a distância, pela "fina pegada" destas.
Adicionar luzes serve para melhorar a "presença" na estrada mostrando uma volume maior. Contribuindo activamente para a segurança dos condutores, tanto dos carros como das motas.
Além da iluminação extra que proporciona em situações de pobre iluminação da via pública. Sobretudo em estradas com mau piso e esburacadas.
E há alguns estudos sobre esta situação, que recomendam a utilização de luzes para aumentar a visibilidade da mota através de luzes.
Lembro de ler num deles que uma mota com 3 luzes é 60% mais fácil de identificar a sua relativa distância do que com apenas 1. Pelo efeito 3D que estas produzem. Criando no nosso cérebro um "leitura" mais correcta das condições da estrada e trafego.

A interpretação cega dos regulamentos é por vezes levada demasiado a sério, e que o bom senso é por vezes esquecido.
Por exemplo, uma luz auxiliar (referida com farol de nevoeiro) se estiver propriamente regulada, mesmo que não seja de origem, apenas contribui para a segurança activa na estrada. O que é positivo.
Em vez da multa, uma recomendação para uma correcta regulação da altura do feixe de luz seria bem mais pro-activa por parte das autoridades. Penso eu.

E não podem os próprios agentes da autoridade, em nome dessa segurança activa e pró-actividade, propor/recomendar a instâncias superiores tais alterações à legislação?
Afinal são estes que estão no terreno e vivem todos os dias na estrada.
E muitas vezes (diria mais de 90%) os legisladores não fazem parte do grupo nem têm experiência sobre o assunto que estão a legislar.

Não sou contra as acções dos agentes da autoridade na estrada, na verdade sou muito a favor e acho que por vezes até há pouca acção nesse sentido. Tem melhorado muito nos últimos anos, sinceramente.
Acho ainda que há muita mota (e carros) que simplesmente não deveriam estar na estrada, mas não entendo como ainda conseguem circular e passar inspeções (no caso dos carros).

Aqui na Noruega, há um sistema muito activo de participação da população para as autoridades e governo.
Um site no qual, as pessoas sugerem/questionam coisas e o governo/autoridades responde com novos regulamentos ou directivas ou simplesmente esclarecem à população através de publicações ou resposta directa.
Seja qual for o assunto, e nada fica sem resposta, mesmo que demore uns dias para fundamentar a resposta.
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS 2000 [2002-2013], K1100RS 1995 [2020-...]

NoronhaGS
Membro Iniciante
Mensagens: 71
Registado: 20 abr 2020 14:36
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por NoronhaGS » 26 out 2020 16:43

Boa tarde amigo

Eu quero apenas dizer que nada tenho contra, se o "motorrad" traz ou não o top case, seja mais estreito ou mais largo, ou mesmo os faróis ligados (2 chegam) :mrgreen:

O destino realmente foi fatal, andei eu tantos anos a namorá-las com os olhos as BMW (GS), com tanta "bagagem" e ao fim de alguns anos, tinha de comprar uma, eu via-as passar por mim, com ou sem malas, com ou sem top case, com ou sem farois auxiliares, para mim eu achava que para ser uma "verdadeira" tinha de ter tudo, ou seja, malas/topcase/farois e lá está na garagem, a menina dos meus olhos, com tudo :lol:

Alguma informação sobre o assunto, vamos falando
:mrgreen: BMW R1200 GSA versão 90th 2013 :mrgreen:

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 8106
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por amandio » 27 out 2020 08:32

Bom senso! Isso é que é importante!
E estarmos felizes com o que temos na vida... e na garagem. :mrgreen:
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS 2000 [2002-2013], K1100RS 1995 [2020-...]

NoronhaGS
Membro Iniciante
Mensagens: 71
Registado: 20 abr 2020 14:36
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por NoronhaGS » 27 out 2020 11:47

amandio Escreveu:
27 out 2020 08:32
Bom senso! Isso é que é importante!
Andamos cá todos para o mesmo, pelo menos é o meu pensamento :mrgreen:

Abraço
:mrgreen: BMW R1200 GSA versão 90th 2013 :mrgreen:

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 8106
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por amandio » 27 out 2020 12:08

:D :D :D
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS 2000 [2002-2013], K1100RS 1995 [2020-...]

Avatar do Utilizador
laalves
Membro Iniciante
Mensagens: 38
Registado: 25 fev 2018 14:59
Localização: Pelo mundo fora
Contacto:

Re: Averbamento (ou multa) de topcase e malas laterais?

Mensagem por laalves » 02 nov 2020 20:13

Não tem a ver com malas mas fiz umas alterações na minha R nineT e fiz o pedido ao IMT para averbamento das mesmas. Note-se que eram todos componentes com aprovação E e/ou com homologações nacionais de outros países EU, especificamente para a R nineT. Depois de 150€, uma longa batalha de silêncios e/ou de emails, cartas registadas, 5 deslocações ao IMT (um inferno impensável), uma inspecção pelo IMT onde se discutiu o sentido de rotação da roda de trás (não estou a inventar, juro), mais esperas, 30 dias sem documentos para circular, exigências inacreditáveis de modificação às modificações, entre outros episódios rocambolescos, finalmente, após um ano, tive o averbamento das alterações nas "Anotações Especiais" do DUA.

Quando fui ao primeiro passeio do Clube após o (primeiro) confinamento, à saída ponte mandaram-me encostar. Vi o sorrisinho do sr. agente ao olhar para os espelhos e luzes e piscas, suporte de matrícula Rizoma e outras coisas e vi como mudou radicalmente de expressão quando viu o "testamento" nas "Anotações Especiais". Aí fiz eu o sorrisinho e fui-me embora.

Estavam mais de 10 motas visivelmente alteradas encostadas, com ar de quem já não ia andar mais naquele dia.

Noutro qualquer país da UE, excepto Portugal, se instalarmos componentes com certificação geral "E" e/ou com aprovação específica para o modelo, não é precisa qualquer aprovação de instalação nem a polícia poderá questionar o que for acerca do assunto. Só é necessário apresentar os certificados em inspecção periódica (aquelas que cá estão legisladas mas não regulamentadas), em caso de dúvida do inspector. Mas nisto das alterações, como em muitas outras coisas, esqueceram-se que estamos na UE e não cumprem o que a lei diz, i.e., reconhecimento das certificações emitidas pelos outros estados membros.

Note-se que em Portugal, nunca a marca E foi emitida a nenhum componente pela Autoridade nacional "competente" que é..... o IMT.

Depois da má experiência com a mota, meti-me noutra com o carro, mudei suspensões (Öhlins aprovadas para o modelo), bancos (acessórios da marca) e coloquei espaçadores (acessórios da marca) para fazer as rodas encherem as cavas um pouco mais. Já passou mais de um ano e só me apareceu uma carta em Fevereiro a fazer exigências, mais uma vez, indescritíveis do ponto de vista técnico. Respondi, silêncio, emails, silêncio, carts registadas, silêncio..... a pandemia também serve de desculpa a muita coisa.
Luís Alves
Sócio 647
BMW R nineT Roadster 2018

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 6 visitantes