Marrocos

Espaço para marcar passeios, falar de passeios, marcar mais passeios e marcar ainda mais passeios. Espaço para passear. Espaço para colocar tudo o que nos afaste deste fórum e nos leve por mais e mais km's de satisfação ao comando das nossas motos BMW.

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por luiz silva » 25 mai 2018 16:10

Beleza Rui!!

Acompanhando cada detalhe da viagem!!

Abçs
Luiz

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por abbocath » 26 mai 2018 11:23

luiz silva Escreveu:
25 mai 2018 16:10
Beleza Rui!!

Acompanhando cada detalhe da viagem!!

Abçs
Luiz
Obrigado amigo Luiz!Tem sido um prazer reviver a viajem enquanto a escrevo aqui no fórum!

Grande abraço
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por abbocath » 26 mai 2018 11:26

5º Dia: Lago Tislite - Lago Iseli - Imilchil - Agoudal - Gorges du Dadés - Boumalne Dadés

Mais um dia começa e estamos bem dispostos e animados para o que aí vem! Venha o pequeno almoço, excelente mais uma vez com umas panquecas deliciosas, tomado em frente ao lago! Que vista! Nas fotos pode ainda ver-se a tenda onde alguns elementos do grupo de portugueses tiveram que pernoitar! Bem catita e aparentemente confortável!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Esta foi a equipa de amáveis pessoas que nos recebeu, acolheu e mimou neste local que respira e transpira tranquilidade e paz! Muito Obrigado! Havemos de voltar!

Imagem

O plano era ver o lago Iseli e seguir a estrada em terra que nos iria levar "às aldeias do fim do mundo" como nos foram apresentadas. Mas não foi bem assim porque as motas atolaram em lama uns kms depois do lago. :P

Imagem

O também grandioso Lago Iseli!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Voltamos e então rumamos a Imilchil, era hora de abastecer e depois de alguns minutos chegou um grupo de motociclistas espanhóis que também se perdiam pelo Atlas. Conversa para aqui e para ali, rotas, contactos trocados e siga para bingo!

Imagem

Imagem

Este simpático miúdo mostrava-nos que sabia andar bem de bicicleta e que até conseguia fazer uns piões!

Imagem

Arrancamos e depois de um engano lá encontramos o trajecto que queríamos para as Gargantas de Dadés e mais uma vez o trajecto era em pista! Esta melhor que a do dia anterior. Mais uma vez o almoço era volante.

Imagem

Imagem

Imagem

Este miúdo que apareceu no meio do nada era o Samir. Disse que vinha da escola e convidá mo-lo a petiscar connosco. Ele ficou e comeu o que quis. Encheu a mochila também com o que oferecemos. Depois mostrou-nos que consegui andar na sua bicicleta sem travões, em que as sapatilhas eram colocadas entre o quadro e a roda para travar. Fez ainda questão de "ajudar" a por tudo nas malas das motas todas e a "empurrar" cada uma de volta à pista! É assim que se constroem grandes homens!

Imagem

Vamos embora que ainda faltam alguns kms.

Imagem

Imagem

Aqui tivemos receio. No ponto mais alto da nossa travessia, cerca de 2900 mts se não me engano, a autocaravana de uns espanhóis perdeu 3 dos quatro parafusos da roda da frente esquerda. O outro parafuso ficou destruído. Era impossível passar no ponto em que estávamos.

Por isso lá ficamos até que o problema fosse resolvido e isso só aconteceu com a preciosa ajuda de uns locais que tinham o necessário e passavam por lá. Acabamos por ficar à conversa com 2 motards suecos que lá estavam e faziam o percurso mas em sentido contrário. Tinham alugado 2 Yamaha XT 660x.

Já fazia frio a sério e de repente começou a nevar! Ainda tínhamos muitos kms pela frente, em pista e a descida não foi nada fácil. Mas lá a fizemos, lentamente, com receio e medo! E foi a pior parte da pista em piso: só pedra!

Lanche após a descida! Bem precisávamos de um chá quente e de um doce para nos animar!

Imagem

A chuva não dava tréguas mas seguimos até às grandiosas gargantas!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Precisávamos de outro chá! Parei e perguntei ao senhor se tinha chá. ELe disse que não, que era só um mini - mini supermercado. Mas olhando para nós, debaixo de chuva disse que ia a casa fazer! Maravilhoso! Estendeu uma manta no chão e lá estávamos nós! Chá e bolachas! :oops: Muito obrigado!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Seguimos então até ao nosso destino: Boumalne Dadés. O tempo melhorou, a chuva parou e o sol voltou. Secamos os impermeáveis!

Imagem

Imagem

Ficamos no Hotel Restaurante Adrar. Simples mas perfeito para uma noite. As motas acabaram por ficar dentro da sala do restaurante guardadas! :mrgreen:

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Mais um dia que chegou ao fim! Agora já faltavam menos dias em Marrocos do que os que já tinham passado! Amanhã é feriado em Portugal! :P
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4914
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por JoseMorgado » 26 mai 2018 16:13

Grande aventura!

Ricas Experiências!

Muito Interessantes palavras!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por abbocath » 27 mai 2018 22:39

6º Dia: Boumalne Dadés - Tinghir - Gorges du Todra - Ait Ben Haddou - Ouarzazate

Hoje é feriado, o 25 de Abril, mas para nós é dia de trabalho, ou melhor, dia de lazer! E como qualquer dia há o pequeno almoço. Quando chegamos cá baixo as motas já estavam estacionadas direitinhas na rua. Esta já é uma cidade com mais movimento. Já estávamos do outro lado do Atlas e a paisagem como se poderá ver depois já é mais árida e, na minha opinião, menos interessante!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O dia era mais uma vez tranquilo pelo que a opção era visitar Ait-Ben-Haddou ainda no dia de hoje para no dia de amanhã visitar os estúdios de cinema de Hollywood Atlas.

Imagem

Depois do peq. almoço e porque as pistas tinham acabado, decidimos dar um banhito às guerreiras que até aqui se portavam à altura de todos os desafios. As motas estavam cheias de lama e por isso o rapaz do hotel indicou-nos uma oficina próxima e lá fomos ao spa!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

No fim da lavagem, fomos convidados para um chá, e mesmo depois do peq. almoço, claro que eu e o Renato aceitamos! Ali bem no chão da oficina!

Imagem

Agora as motas precisam é de andar para secar e o próximo destino são as Gargantas do Todra!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Rectas, rectas e mais rectas! Daquelas que fazem os pneus ficar quadrados!

Imagem

Imagem

Imagem

Depois de Tinghir a estrada torna-se mais interessante!

Imagem

Imagem

Imagem

Este senhor, que nos vendeu uns lenços, tinha familiares em Portugal e por isso fomos logo convidados para ir a casa dele depois de almoço para beber chá! Fica para a próxima! Obrigado!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Mais umas curvas e aí estavam elas, as Gorges du Todra!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Depois desta paragem no Todra e de um café a sério tomado no jipe do Rogério, o nosso compatriota que voltamos a encontrar, regressamos e fizemos a mesma estrada até nova paragem para almoço.

Imagem

Imagem

Imagem

Depois de almoço tínhamos paisagem desértica até ao ponto mais a Sul de Marrocos onde estaríamos, Ouarzazate! Estava muito calor!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Depois de uns descansos e paragens para umas fotos chegamos a Ait-Ben-Haddou.

"Aït-Ben-Haddou é uma cidade fortificada, ou ksar, na região de Souss-Massa-Drâa, Marrocos, na antiga rota de caravanas entre o Saara e Marrakech. Situa-se numa colina do sopé do Alto Atlas, à beira do rio Ounila, afluente do Ouarzazate, por sua vez afluente do Drá. A cidade é constituída por um grupo de várias pequenas fortalezas, ou casbás (kasbahs), chegando a ter dez metros de altura cada uma. A maioria dos habitantes da cidade vive agora numa aldeia mais moderna, no outro lado do rio; no entanto, oito famílias ainda vivem no ksar.

Ali foram filmados vários filmes famosos, incluindo Lawrence da Arábia, A Múmia, Gladiador, Alexandre e Príncipe da Pérsia, entre muitos outros.

O ksar foi fundado em 757, e começou como a casa de uma família apenas, no entanto a povoação cresceu até ao seu tamanho actual. O túmulo do seu fundador, Ben-Haddou está na base da colina, por trás da povoação.

O sítio foi declarado Património Mundial da UNESCO em 1987." (fonte: wikipédia)


Imagem

Imagem

Para chegar ao ksar é preciso passar o rio!

Imagem

Imagem

À entrada não faltam guias a "vender" os seus serviços! E lá nos levaram a ver o ksar e explicaram as particularidades. Ainda bebemos um chá em casa dele, ele que é um dos habitantes dos kasbahs, uma das 8 famílias.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

As casas são construídas de pedras pequenas envoltas numa pasta argilosa, tipo argamassa e que leva ainda na sua constituição palha para dar resistência à estrutura. É renovada a sua estrutura exterior a cada 2 anos. O trabalho destas famílias, pelo que nos foi dito, é este, os filhos são guias dos turistas, com quem aprenderam a falar diversas línguas e que nos tempos em que há menos turistas participam na reconstrução das casas do ksar. Alguns destes guias participaram em filmes como Gladiador, Guerra dos Tronos, Príncipe das Arábias, Indiana Jones...

Imagem

Imagem

Alguns dos filmes aqui filmados!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

As vistas do cima são fabulosas. Pode ver-se afastado, um cemitério judeu com o seu portão de cor verde!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Os animais vivem nos kasbahs de cada família!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A vista da parte nova do ksar vista da parte antiga!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Estava então na hora de regressar a Ouarzazate e ao lado das nossas motas estavam as motas que mais se alugavam em Marrocos! E que divertido deve ser conduzi-las aqui nas pistas do Atlas! :mrgreen:

Imagem

No regresso vimos mais uns camelos! Animais ressalve-se! :mrgreen: :mrgreen:

https://cld.pt/dl/download/4ba1b1f5-b5c ... 184005.jpg

A nossa estadia em Ouarzazate foi no riad "Dar Rita" cuja dona é a Rita, uma portuguesa que se encontra aqui a viver à 10 anos. Fomos muito bem recebidos, o riad é muito acolhedor e como não poderia deixar de ser estava lotado, de portugueses é claro!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

E foi assim que se passou mais um feriado do 25 de Abril! :P
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por abbocath » 27 mai 2018 22:39

JoseMorgado Escreveu:
26 mai 2018 16:13
Grande aventura!

Ricas Experiências!

Muito Interessantes palavras!
Obrigado José! Abraço
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4914
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por JoseMorgado » 27 mai 2018 23:33

Que Bela Viagem!!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
abbocath
Membro Sénior
Mensagens: 788
Registado: 26 jun 2007 12:03
Localização: Entroncamento
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por abbocath » 28 mai 2018 10:28

7º Dia: Ouarzazate - Marraquexe

Depois uma noite bem dormida e forças recuperadas estávamos prontos para mais um dia! As motas continuavam no local onde haviam sido deixadas a pernoitar: hotel estrela!

Imagem

Bom dia Mário! :mrgreen: :mrgreen:

Imagem

A Rita explicou-nos que as casas inacabadas não pagam impostos ao estado e por isso os marroquinos optam por não as terminar. E para isso basta não terminarem o telhado ou a cobertura. Por isso a visão do cimo das casas é tipicamente esta!

Imagem

Imagem

O belo interior do Dar Rita!

Imagem

Imagem

A ligação era pequena mas tínhamos a passagem do Atlas e do Tizi N´Tichka. A estrada N9 está em obras (há diversos anos) e a sua travessia não é fácil. É uma estrada bastante concorrida em termos de tráfego, com imensos camiões e autocarros.

Imagem

Parámos logo à saída de Ouarzazate para visitar os estúdios de cinema Atlas. Entramos no mundo Hollywood e sentíamos estrelas de cinema! :lol: :lol: ou não! Aqui é tudo à americana, tudo à grande!

Imagem

O Hotel e os filmes aqui gravados!

Imagem

Imagem

Imagem

Os cenários e objectos de filmagens!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O encantador de serpentes fazia maravilhas na rua! Nós estávamos ao longe! Elas eram grandes, pretas e pouco inspiradoras!

Imagem

Imagem

Depois da visita voltamos às rectas!

Imagem

Depois houve estas rectas que decidiram tornar-se interessantes e passaram a contornar o Atlas! :lol: Não há foto no local do Tizi N´Tichka porque a confusão de autocarros era tal que até...

Imagem

Imagem

Imagem

A descida do lado Norte da montanha é brutal e está com piso novo em grande parte! Foi puro divertimento! Mas não há fotos, só um vídeo ou outro!

O nosso almoço num boteco! Mais uma vez acertamos! Escolhemos a carne do animal pendurado e foi directa para o grelhador! 5*

Imagem

Imagem

Imagem

Vamos à vida para chegar cedo a Marraquexe! Abastecemos e aqui nem custa tanto abastecer! A média é 1€/litro de gasosa! Só há 95 octanas (se é que as tem)!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

A entrada em Marraquexe foi assustadora. A nossa estadia era dentro da medina e não tínhamos sequer noção disso. Foi um corropio de ruelas num perfeito labirinto, onde mal passava uma mota, e, então cruzar com as aceleras em que todos andam a uma velocidade que parece supersónica não é propripamente fácil nem tranquilizante para quem tem motas grandes e ainda por cima com malas e tal! Mas lá chegamos! Abençoado GPS e ao miúdo que encontramos na rua!

Imagem

Imagem

Ficamos no Riad 1001 Couleurs, propriedade de um casal francês que se mudou para aqui há 2 anos após vender tudo o que tinha em França. Dizem que foi amor à primeira vista! O filho deles, pequeno, frequenta a escola marroquina e está perfeitamente integrado. Eles também se sentem assim. O riad é fabuloso! E fomos super bem recebidos! Só pensou é que íamos de bicicleta! E quando viu as motas ficou pasmado porque a garagem destinada a elas era minúscula! Mas sem malas e apetrechos couberam sem espaço entre elas obviamente!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Condição obrigatória para circular na medina é andar com um mapa e instalar a aplicação "mapsme" nos telemóveis! E mesmo assim perdemo-nos nas ruelas porque há imensos becos sem saída! Andem a pé tal como fizemos! Uma tarde, ou um fim de tarde não chega para tudo mas dá para muito já!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Até que chegamos à grandiosa praça Jemaa el-Fna! (já agora este sumo de limão era horrível!)

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

E claro está que optámos por um boteco para jantar! Estava maravilhosa esta sandocha!

Imagem

Imagem

Até amanhã gente!
Rui Peixoto
R 75/5 1971
K 100 RS 1987
R 1150 GS 2002

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4914
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por JoseMorgado » 28 mai 2018 11:16

Grande Pinta!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Marrocos

Mensagem por luiz silva » 28 mai 2018 15:13

Espectáculo Rui!!

Obrigado pela paciência em postar as fotos e comentários para ilustrar tua viagem...é como se estivesse presente!!

Abçs
Luiz

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Majestic-12 [Bot] e 4 visitantes