Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Tudo sobre o nosso Programa, locais que vamos descobrindo. Opiniões e marcação de futuros passeios.

Moderadores: JoseMorgado, pedropcoelho, Rui Viana, MHQC, amandio

Avatar do Utilizador
BMW McP
Institucional
Mensagens: 231
Registado: 19 jul 2008 14:44
Contacto:

Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por BMW McP » 05 mai 2016 10:25

Imagem


Passeio à Barragem de Foz Tua

No fim-de-semana de 20 e 22 de Maio terá lugar o passeio à Barragem de Foz Tua, tema principal deste evento.

Porque o evento começa em Lamego, para aqueles que quiserem sair na sexta-feira e assim aproveitar melhor o Passeio, reservámos quartos no Hotel Lamego.

Imagem Imagem


O Aproveitamento-Barragem de Foz Tua , situa-se no rio Tua, afluente da margem direita do rio Douro, a cerca de 1,1 km da confluência destes dois rios.

Este aproveitamento é constituído por um só escalão, com uma cota de exploração de 170 metros.

A central hidroeléctrica tem prevista a instalação dois grupos reversíveis, com uma potência total de 270 MW.

O investimento estimado, para a construção da central e das respectivas infraestruturas hidráulicas, é de cerca de 370 milhões de euros.


Imagem Imagem


No Sábado de manhã, o passeio começa com um percurso pela bonita EN222, classificada como uma das estradas mais bonitas do mundo, até ao Pinhão, e daí, até ao estaleiro da construção da barragem.

Chegados ao estaleiro da obra, o grupo será recebidos pela equipa do consórcio construtor, que nos fará uma breve apresentação do que têm sido os trabalhos de construção da barragem.

Após a visita, seguiremos até ao restaurante, Cais da Ferradosa, para almoço.

De tarde, o percurso passará por Vila Nova de Foz Coa, Torre de Moncorvo, Freixo de Espada à Cinta, Barca D’Alva, acabando em Figueira Castelo Rodrigo, onde o grupo ficará alojado no Colmeal Countryside Hotel.

Imagem Imagem

No Domingo, um passeio pelas belas estradas das encostas da Serra da Estrela, até ao Fundão, onde o almoço será no restaurante, O Alambique.

De tarde, haverá um percurso até junto do Rio Zêzere, que depois descerá em direção a Oleiros, Sertã, Vila de Rei e Abrantes.

Aí chegados, os que quiserem, poderão seguir pela A23, para regresso a casa.

Imagem Imagem


PROGRAMA

Sábado 21 de Maio

09:00 - Saída do Hotel Lamego
10:30 - Barragem Foz-Tua estaleiro de obra
12:30 - Percurso da barragem ao Almoço
13:30 - Almoço no Restaurante Cais da Ferradosa
15:30 - Percurso da tarde
18:30 - Chegada ao Colmeal Countryside Hotel
20:30 - Jantar no restaurante do Hotel

Domingo 22 Maio

0930 – Saída para o percurso da manhã
1130 – Paragem
1330 – Almoço no Restaurante O Alambique
1500 – Percurso da tarde


PREÇOS:

Preço Base
Sócio
Single 210,00 €
Duplo 320,00 €

Não Sócio
Single 230,00 €
Duplo 360,00 €

Preço C/6ª Feira
Sócio
Single 270,00 €
Duplo 390,00 €

Não Sócio
Single 290,00 €
Duplo 430,00 €

As inscrições são AQUI

NOTAS:
1- O Hotel tem apenas 14 quartos, sendo este portanto, o número máximo de inscrições a aceitar. Outras inscrições ficarão condicionadas a alojamento na proximidade.
2- Alojamentos em regime APA com as taxas incluídas
3- Inclui apenas as refeições mencionadas, almoço e jantar de sábado e almoço de domingo
4- Não inclui portagens, combustíveis e quaisquer outras despesas além das mencionadas
5- O programa pode ser alterado.
Imagem

Eduardo
Membro Experiente
Mensagens: 1656
Registado: 17 jan 2008 18:06

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por Eduardo » 05 mai 2016 14:15

Inscrição feita :!: :!: :!:

As estradas por onde vamos passar são maravilhosas :wink: :wink: :wink:, passeio a não perder :!: :!: :!:

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4912
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por JoseMorgado » 05 mai 2016 15:43

Concordo Totalmente!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6263
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por amandio » 06 mai 2016 06:58

Uma boa oportunidade para a malta do Norte participar num evento fantástico :D
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por luiz silva » 06 mai 2016 11:29

Mais um ótimo passeio!!

Me parece que há uma ação no sentido de expandir a oferta de energia eléctrica por Portugal.

Uma dúvida...os amigos sabem se estão substituindo a matriz energética ou está aumentando a demanda?? Ou outra coisa, claro!!

Abçs
Luiz

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4912
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por JoseMorgado » 06 mai 2016 13:55

luiz silva Escreveu:Uma dúvida...os amigos sabem se estão substituindo a matriz energética ou está aumentando a demanda?? Ou outra coisa, claro!!
Caro Luiz,

Desde o Estado Novo, nos anos 40 e 50 do sec. passado, pela intervenção visionária do então Ministro das Obras Públicas, Eng. Duarte Pacheco, que Portugal sempre apostou na construção de grandes barragens, não só para o aproveitamento hidroeléctrico, mas também para a constituição de reservas estratégias de água, na altura ainda não se falava de alterações climáticas, mas este ministro já pensava nisso, e também para o desenvolvimento agrícola de grandes extensões do interior e a regularização dos caudais dos principais rios portugueses.

Desde essa altura, que ficou disponível um elaborado plano nacional de aproveitamentos hidroeléctricos.

Resultou também dessa orientação estratégica, a grande qualidade, reconhecia e procurada em todo o mundo, dos engenheiros civis de barragens portugueses.

Há uns anos atrás esse plano foi actualizado, sendo aprovada uma nova orientação para os novos aproveitamentos hidroeléctricos e reforço dos actuais, sempre na óptica de produzir electricidade, com recurso a energias renováveis sem produção co2.

Também, desde há uns para cá, os ambientalistas acharam que, construir barragens, que assim criam grandes albufeiras de água, eram acções anti-ambientalistas, pois alteram o habitat natural, de algumas espécies animais e vegetais.

Foram também muito badaladas, a imagens rupestres de Foz Côa, que fizeram parar, e deitar fora, um investimento enorme já construido, de muitas centenas de milhões de euros.

Perante estas acções, que criam sempre muitas ondas de choque na opinião pública, que gosta de carregar no interruptor, ou ligar o computador, e ter sempre energia eléctrica disponível, mas nunca se preocupa com a produção da mesma, foi delineada uma nova estratégia.

Paralelamente ou em complemento, com a construção de novas barragens, optou-se pelo reforço da capacidade produtiva das já existentes, com a construção de novos grupos geradores.

Igualmente, e em complemento à grande capacidade de produção de energia eólica já instalada em Portugal que, por razões climatéricas, produz energia durante longos períodos horários de reduzido consumo, e portanto, sem qualquer valor comercial, foi implementada a troca dos grupos geradores das barragens, por outros, com capacidade reversível.

Dessa forma, com a construção associada de pequenas barragens, a jusante das actuais, foram criadas pequenas albufeiras de contensão que permitem, nas horas vazias de consumo e grande produção eólica, rebombar a água turbinada de volta à albufeira principal e assim, utilizar a mesma água, várias vezes, na produção de energia.

Claro que, tudo isto, com perdas brutais de rendimento.

Nestes casos, o fraco rendimento não qualquer importância, pois a energia eléctrica, gasta para a rebombagem, não tem qualquer custo, nem qualquer utilização possível.

Espero não ter sido muito maçador com esta explicações todas......
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por luiz silva » 06 mai 2016 19:59

...de modo algum, José, muito claro nas explanações!!

Quanto à fama dos engenheiros portugueses, absoluta verdade.

Aliás, temos uma construtora de grande porte que atua no Brasil e é portuguesa...chama-se Somague.

Infelizmente estamos em um mau momento econômico para a Construção Civil.

Abçs
Luiz

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4912
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por JoseMorgado » 14 mai 2016 10:26

Pois é Luiz, a notícias que nos chegam aqui não são as mais agradáveis para esse Grande País.....
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

luiz silva
Membro Experiente
Mensagens: 1447
Registado: 22 abr 2014 19:10
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por luiz silva » 14 mai 2016 14:31

José,

se me permite, as notícias são agradáveis desde ontem.

Provavelmente voltaremos ao bom caminho em que vínhamos.

Abraços!!
Luiz

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4912
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: Passeio à Barragem de Foz Tua 20 a 22 de Maio

Mensagem por JoseMorgado » 16 mai 2016 13:26

Assim esperamos todos!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante