BMW Motorrad Riding Experience 2018

Local para inserção de notícias relacionadas com a BMW-Motorrad (inserção e edição exclusiva aos moderadores)

Moderadores: Rui Viana, pedropcoelho, amandio, JoseMorgado, MHQC

Responder
Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4801
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

BMW Motorrad Riding Experience 2018

Mensagem por JoseMorgado » 04 mai 2018 19:05

José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Avatar do Utilizador
amandio
Membro Veterano
Mensagens: 6146
Registado: 21 abr 2008 12:05
Localização: Oslo, Norway
Contacto:

Re: BMW Motorrad Riding Experience 2018

Mensagem por amandio » 07 mai 2018 21:22

Este tipo de eventos são sempre muito participados e de grandes emoções.
Não é todos os dias que a malta tem a oportunidade de dar umas voltas num autódromo e ter particamente toda a linha da BMW Motorrad para experimentar/testar.
Amândio de Aveiro
(da Madeira, que já esteve em Oeiras e agora em Oslo)
R1150 GS [2002-2013]

Avatar do Utilizador
JoseMorgado
Direcção BMW McP
Mensagens: 4801
Registado: 23 jan 2008 21:41
Localização: Lisboa
Contacto:

Re: BMW Motorrad Riding Experience 2018

Mensagem por JoseMorgado » 15 mai 2018 19:10

Como já disse o Amândio, estes eventos são uma grande oportunidade para testar toda a Gama da BMW Motorrad e ainda para dar umas voltas na Pista do Autódromo com alguns dos modelos mais racing da marca.

Este ano não foi excepção.

Imagem

Imagem

Para destoar um pouco da envolvência, levei a minha R90S, uma Super Bike em 1974.

Imagem

A intenção foi compara-la com a que iria experimentar em Pista, a S1000RR.

Imagem

Cá fora estavam todos os modelos da BMW Motorrad.

Imagem

Com a presença dos modelos eléctricos.

Imagem

E de alguns parceiros

Imagem

Imagem

Imagem

Mas o forte era o Circuito, e logo que se entrava na zona das boxes, modificadas para este evento, o ambiente ia mudando.

Imagem

Imagem

Imagem

A presença da Pista ia-se impondo.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Logo de manhã cedo tive a oportunidade de fazer uma primeira experiência em Pista.

Ainda estava frio, mas o entusiasmo era muito.

Imagem

Tudo começou com um Briefing.

Imagem

A Mota que me calhou foi a R nineT Racer.

Imagem

Imagem

Imagem

Depois de algumas voltas ao Circuito Fernanda Pires da Silva, sempre com as importantes indicações dos Monitores, pilotos experimentados, que assim faziam como que aproveitássemos ao máximo a nossa experiência, saí bastanete satisfeito.

Imagem

Desta vez tive a sorte de andar com o Piloto da Zanza Racing Motomil BMW, o amigo Rui Marto, campeão Ibérico da Copa BMW S1000RR EasyRace.

Imagem

A R nineT Race é espectacular.

Para além de muito potente, é pequena, muito leve e tem um centro de gravidade muito baixo.

Os travões são uma delícia no seu poder de travagem e só lhe faltava o Quick Shift, e a embraiagem deslizante, para ser perfeita.

A posição de condução é muito Racing, bem adaptada para a utilização em pista.

Com tudo isto, o desempenho é fenomenal.

Só tem um pequeno defeito. Nas curvas, com a estabilidade e segurança que apresenta, chega muito depressa com os avisadores dos poisa pés ao chão.

Isto faz com que nos tenhamos de posicionar mais para fora da mota, para que esta não se incline tanto, ou então tenhamos de abrandar a velocidade.

Mas é tudo uma questão de treino, só possível com uma utilização mais frequente da mota em pista, o que não foi o caso.

Imagem

É um "Brinquedo" muito apetecível.

Depois disto, uma passagem pela zona do catering, para acalmar os ânimos.

Imagem

Como ainda era cedo, fui experimentar o Todo o Terreno.

Sim, um pouco afastado desta zona, no miolo do circuito, existe uma mini-pista de TT.

Estavam lá as GS's e GSA's, R1200 e G310, com os instrutores da MotoXplorers.

Ali, podiam-se experimentar as Trail's da BMW, andando com elas no seu ambiente natural.

Lá andei eu a fazer experiências, e a aprender com quem sabe.

Imagem

Muito útil esta iniciação, para descobrir, e afinar, algumas técnicas que já tinha adquirido, empiricamente, nos percursos fora de estrada que desde sempre faço nos Lés-a-Lés's.

Logo de seguida, foi a vez de ir apreciar, e testar em estrada, alguns dos modelos da BMW Motorrad.

A primeira, foi a K1600GT, que eu já conhecia, mas que confirmou a excelência do desempenho, segurança e conforto, desta mota fora de série.

Imagem

A seguir foi a C Evolution.

Imagem

Mota eléctica, com que eu nunca tinha andado, mas que me surprendeu enormente pelas excelentes qualidades ciclisticas, e de aceleração, que apresenta.

Com um quase silêncio total, nas retorcidas estradas da serra de Sintra por onde andámos, facilmente batia todos os desempenhos das K1600, das GS Rally, das GSA, das RT, etc.

Imagem

Só tem um defeito, com estes ritmos, pouco económicos e racionais, a autonomia pouco passa dos 100 km que, uma vez ultrapassada, a obriga a parar por umas horas, para carregar as baterias.

Ficou prometido um futuro teste drive, em situações mais normais de utilização.

Entretanto, para a experiência de Pista agendada para os Sócios do BMW Motoclube Portugal, começaram a chegar as caras conhecidas.

O António Costa Pereira.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

O Artur Pinto.

Imagem

Imagem

O Nuno Ferreira.

Imagem

Imagem

Mais a sua afilhada.

Imagem

O Rui Viana.

Imagem

E muitos outros que não ficaram na fotografia.

Entretanto, com a chegada do meu filho mais novo, o outro aficcionado de motas lá de casa, que com a sua carta A2, já pode conduzir a BMW G310, ainda participámos num teste drive pelas estradas da serra de Sintra.

Imagem

Ele, com a G310 GS.

Imagem

E eu com a Bagger.

Imagem

Imagem

Imagem

Mas, o mais interessante, ainda estava para acontecer.

As voltas ao Circuito do Estoril, reservadas para os Sócios do BMW Motoclube Portugal, que se tinham inscrito.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Desta vez andei com a S1000RR.

Imagem

Esta sim, é uma mota que nos dá emoções fortes.

Com a pouca experiência que eu tenho nestas andanças, só posso dizer que tudo acontece de tal maneira rápido que, no pouco tempo que temos disponível, ficamos muito aquém de aproveitar todas potencialidades que a S1000RR oferece.

Mesmo assim, são muito fortes a sensações que ela nos oferece.

No final, uma foto com os últimos resistentes da tarde.

Imagem

Todos ficámos com vontade de voltar a participar nestas experiências.

Para o Ano há mais!!
José Morgado
Sócio 237

R65 78
R100R 92
R1100RS 94
R1200RT 07
R90S 74
Imagem

Responder

Quem está ligado:

Utilizadores neste fórum: Nenhum utilizador registado e 1 visitante